Selecione no Menu

Favourite

Curiosidades

Diversão

Esportes

Saúde

Humor

Interwebs

Receitinhas

Imagens

Videos


Os Pitbulls tem uma fama de ser um cachorro violento, veja 12 imagens que pode fazer você muda de opinião!

Via

Via
















Será que todos os Pitbull são violentos, ou modo de criação do dono que faz ele ser tornar um cão violento?


Você é do tipo que costumava desmontar as coisas pra saber como elas eram por dentro? E se a gente as cortasse no meio? É claro que fizéssemos isso, os controles remotos, controles de videogame e carrinhos de controle remoto não ficariam bonitinhos como os das imagens desta lista que encontramos, ou seja, é necessário o trabalho de um profissional pra cortar tudo ao meio mantendo tudo no lugar. Reunimos 15 curiosas imagens de objetos de nosso cotidiano cortados ao meio com cortes precisos. O resultado, é claro, é incrível! Olha só:


1. Uma lente Leica de câmera fotográfica

objetos-cortados-ao-meio_1


2. Um capacete de motociclista

objetos-cortados-ao-meio_2


3. Um motor de carro


objetos-cortados-ao-meio_3


4. Bolas de golfe

objetos-cortados-ao-meio_4



5. Um tubo de pasta de dente Colgate

objetos-cortados-ao-meio_5


6. Um cabo de madeira usado para misturar tinta durante 50 anos

objetos-cortados-ao-meio_6


7. Uma granada

objetos-cortados-ao-meio_7


8. Uma câmera Canon 1Ds profissional com uma lente de 400mm

objetos-cortados-ao-meio_8


9. Um casco de tartaruga

objetos-cortados-ao-meio_9


10. Uma árvore revelando uma bola de golfe no meio

objetos-cortados-ao-meio_10


11. Balas de revólver, metralhadora e espingarda

objetos-cortados-ao-meio_11


12. Um avião de passageiros

objetos-cortados-ao-meio_12


13. Uma fotocopiadora multifuncional

objetos-cortados-ao-meio_13


14. Um iPhone

objetos-cortados-ao-meio_14


15. A carroceria e algumas peças de um Porsche Cayman S

objetos-cortados-ao-meio_15

[Viral Forest]




 

Muitos consumidores aguardam a próxima sexta-feira para aproveitar os descontos do Black Friday. Porém, para evitar que o comprador caia em armadilhas, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou no ano passado o Black Friday Legal, que conta com um Código de Ética para que as empresas se comprometam a não maquiar os preços. 


Com o objetivo de ajudar o e-consumidor a ter a melhor experiência no Black Friday, a camara-e.net elaborou uma cartilha da compra segura. A primeira recomendação é pesquisar preços do item desejado antes e durante o evento. E isso vale tanto para as lojas virtuais quanto para as lojas físicas.

Confira 10 dicas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico para o Black Friday:

1 - Pesquise sobre a reputação da loja ou site que você escolheu. O Procon traz uma lista atualizada mensalmente de sites não recomendados. Confira a lista aqui.

2 - Consulte os sites que comparam preços, produtos e serviços. Eles são excelentes fontes de informação, e os melhores estão constantemente atualizados.

3 - Tenha antivírus, antispyware, firewall e tudo o que for possível para evitar que qualquer usuário mal-intencionado tenha acesso a suas informações.

4 - Use sites que tragam serviços de pagamento de renome.

5 - Faça contato telefônico com a loja e verifique se ela tem endereço e telefone fixo. Observe informações como razão social, CNPJ e confirme esses dados no site da Receita Federal. Se a situação estiver "baixada", "cancelada" ou "inativa", desista da compra.

6 - Leia as condições de prazos de entrega e a política de trocas e devoluções antes de fechar a compra. Se tiver dúvidas, entre em contato com a loja para saná-las.

7 - Verifique se a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados os dados pessoais do cliente como nome, endereço, documentos e número do cartão de crédito. Geralmente essas páginas são iniciadas por https:// e o cadeado está ativado (ícone visualizado em uma das extremidades da página). Clique no cadeado e observe se a informação do certificado corresponde ao endereço na barra de navegação do computador.

8 - Guarde todos os passos da compra, inclusive o e-mail de confirmação.

9 - Procure o selo Black Friday Legal. Ele indica as lojas que aderiram ao Código de Ética da entidade e comprometeram com as boas práticas do comércio eletrônico.

10 - Verifique se o produto desejado faz parte da promoção. As lojas virtuais costumam selecionar alguns itens para a promoção Black Friday. Se a indicação não estiver visível ao selecionar o produto, telefone para a loja e tire a sua dúvida.