Criança e Dinheiro

Por | 17:01 Comente


Relação saudável com o dinheiro começa em casa

"Quando a gente gosta, é claro que a gente cuida." Esta frase, que faz parte da bela canção "Sozinho", do Peninha, revela que na vida só aprendemos a respeitar aquilo que conhecemos. Com o dinheiro não é diferente.

Na vida adulta, a relação que temos com o dinheiro é reflexo da orientação que recebemos sobre ele na infância. Quanto melhor for a Educação Financeira mais tranqüilidade teremos no futuro.

Um pai que gasta mais do que ganha, vive excedendo o limite do cheque especial, atolou-se em dívidas e nem sequer pensou em fazer uma reserva financeira, pode não tornar seus filhos conscientes da importância da poupança.

A educadora financeira Cássia D'Aquino afirma que o ensino financeiro deve começar antes que seja tarde demais e ressalta que a formação financeira da criança depende, principalmente, da mudança de mentalidade dos pais em relação ao dinheiro. Elas devem entender que gastar é ótimo e que o dinheiro também pode ter outros fins.

O ensino financeiro é tão importante para a vida em sociedade que deveria ser dado nas escolas.


Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!