A vida como uma roda gigante...

Por | 13:02 Comente


 
Tenho conversado muito ultimamente com pessoas que estão insatisfeitas com a sua vida, com o que andam produzindo e com o conquistaram até agora. 
As dificuldades sao como roda gigante na nossa vida. Uma hora se esta por cima. A outra por baixo. Acredito já ter vivido os dois momentos dessa roda gigante e os ensinamentos que foram tirados nos dois momentos devem se transformar em lições, que devem ser aprendidas. E essas lições serão fundamentais para que passemos por cada período gastando o mínimo de energia possível.
Essa energia gasta vai determinar a história da sua vida.
Houve um momento da minha vida que eu via solução para nada. Eu brigava com amigos, brigava com a familia, brigava com funcionario e até com paciente. Sabe quando a energia negativa rege sua vida? Pois é, eu estava assim. Tudo o que eu tentava, dava errado. Bati com o carro, perdi celular, perdi dinheiro, perdi a oportunidade de ter pessoas interessantes ao meu lado. Fiquei estressada, tive problemas de saúde, engordei 6 quilos. As pessoas que pareciam estar ao meu lado me sacanearam. E eu só perguntava: o que eu fiz para merecer isso? Estava totalmente insatisfeita com o rumo que estava tomando, não conseguia concretizar nada.
Até que um dia resolvi dar um basta. Não sei que data foi essa, mas me lembro da minha primeira atitude. Passei a olhar a vida com o nariz empinado. Passei a valorizar minhas palavras, minhas opiniões e cada aperto de mão que eu dava. Deixei de acreditar em pessoas boazinhas e a cada dia que passa me lembro do que eu senti quando eu estava por baixo lá na roda gigante. Lembro-me de cada filha da puta que me mantinha na parte debaixo da roda gigante. De cada um. E prometi para mim mesma ( tem coisa mais importante que isso?) que os períodos na parte debaixo da roda gigante seria exatamente proporcional a uma roda gigante de verdade. Assim que chegar embaixo, roda logo pra chegar la em cima. E roda logo pra chegar lá em cima. E roda logo pra chegar lá em cima.
Hoje não preciso estar sempre em cima da roda. Aprendi que isso é impossivel. Insatisfação, sensãção de marasmo é comum em humanos que produzem. E como seres adaptáveis que somos, insatisfação é o ponto de partida para uma nova conquista. Novas conquistas que aliam prazer, diversão e trabalho.
Boa sorte!

Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!