Veja dicas para arrasar na paquera virtual

Por | 18:23 Comente



Não é preciso ser um expert para perceber que a Internet ganha cada dia mais espaço e está presente na vida das pessoas das mais variadas maneiras. Algumas navegam para fazer compras, outras para pesquisas de trabalho e há ainda que veja a tela do computador como uma possibilidade de descolar uma nova paquera.

O site de relacionamentos Orkut, o MSN e até mesmo e-mails e blogs são algumas das opções que você pode usar para se aproximar de alguém. Segundo André Bonilha, 33 anos, gerente de Marketing da agência de relacionamentos be2 para o Brasil, quando se fala em conhecer pessoas pela Internet deve-se antes escolher o método que melhor combina com o que se está procurando.

Orkut
O Orkut é uma ótima dica para você descobrir de uma maneira bem prática se a pessoa mora perto de você, se tem os mesmos gostos e hobbies, a aparência e até mesmo se faz parte do seu círculo de amizades.

Entretanto, de acordo com Bonilha, se você está procurando por um relacionamento sério, a sua busca pode ficar cansativa, exatamente porque a sua lista de contatos é interminável e você vai demorar para saber se alguém realmente combina com o seu modo de ser. Sendo assim, só adicione na sua lista de amigos quem você tiver um real interesse em conversar e não apenas para aumentar o número de pessoas na sua página.

Na opinião do estudante Guilherme Migliatti Chico, 16 anos, paquerar pelo Orkut é meio complicado. "Lá valem a pena somente as paquerinhas leves, do tipo 'você está muito linda' ou 'nossa que cabelos lindos'. Todo mundo tem acesso às paginas de recados e pode estragar sua paquera", conta.

A secretária Jacqueline Klein, 17 anos, concorda que o site é apenas uma forma de primeiro contato. "Como no site você encontra foto e os gostos da pessoa, fica mais fácil descobrir se você vai querer continuar com a paquera. Só que é preciso tomar cuidado com o que você coloca na sua página pessoal para não cair na famosa armadilha de um perfil fake (falso)", explica.

MSN
Nos livros Blog da Ritoca: Amizades e Paqueras e Blog da Ritoca: Relacionamentos e encrencas, da jornalista Ana Paula Corradini, as histórias são contadas por meio de ferramentas da internet como os blogs e o MSN.

Segundo a autora, no MSN a conversa é mais direta e as pessoas que trocam mensagens estão em um nível de intimidade um pouco maior do que quem troca mensagens apenas pelo Orkut. "É uma ótima alternativa para paquerar. Você pode ter uma conversa como se fosse ao vivo e não corre o risco de ficar vermelha de vergonha por algo que te disserem", declara Ana Paula.

André Bonilha, da agência be2 para o Brasil dá a dica: "Jamais use o MSN ou qualquer outro programa de chat com qualquer um. Hoje em dia, apenas o fato de aceitar um convite de um estranho pode ter conseqüências desagradáveis", diz.

O estudante e ator Dinho Slav, 18 anos, ainda acrescenta que ao conversar com alguém pelo MSN uma boa dica é usar também a Web Cam para conferir se a pessoa que conversa com você e que lhe enviou fotos é realmente ela mesma.

"No MSN, as pessoas devem conversar muito, fazer várias perguntas, como os lugares que costumam freqüentar e do tipo de coisa que gostam. Mas, nunca dizer 'EU TE AMO' com apenas um dia de paquera, isso com certeza vai assustar a outra pessoa", enfatiza Guilherme Migliatti.

E-mails
Assim como no MSN, os e-mails também são conversas mais restritas, em que a pessoa já estabeleceu um pouco de confiança com a outra.

Para a estudante Letícia Nazário, 14 anos, quem entra na internet à procura de alguém é porque não encontrou ninguém na vida real que despertasse o interesse e, por isso, as pessoas precisam ser simpáticas e bem-humoradas para manter o interesse das outras. "Ninguém quer conversar com uma pessoa chata sabendo como ela é fisicamente, imagine como é então quando você não faz idéia de quem está do outro lado do computador?". "Se a pessoa consegue te cativar pelo que é e pelo que escreve, com certeza você terá vontade de encontrar com ela na vida real".

Independentemente da forma que você usará para conhecer novas pessoas, lembre-se de garantir a sua segurança antes de tudo. Não marque encontros em lugares muito isolados e escondidos e sempre avise alguém para onde você vai, para que a pessoa saiba onde procurá-lo se preciso.

"Conhecer uma pessoa profundamente pode levar tempo e exige paciência. A grande vantagem da internet é que você conhece e entra em contato com mais pessoas que no mundo real. Assim suas chances de achar alguém interessante são automaticamente maiores", explica André Bonilha, da agência be2.

Serviço

Agência de Relacionamentos Be2
www.be2.com.br


Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!