Italiano preso por beijar filha no Ceará

Por | 06:52 1 comentário


Essa história do italiano que foi preso por beijar a filha na bola em pública me soa estranho. Embora um beijo na boca seja diferente que um selinho e que pessoas que estão na beira da piscina de um hotel no Ceará tenham se incomodado com as "carícias" que o pai fazia na filha, ainda sim acho estranho. Acho estranho porque se houve tal beijo na boca, a coisa não poderia ser resolvida ali mesmo, pedindo para o italiano parar com a "brincadeira" com a filha.

Fico pensando se não houve rigor demais por causa das horrendas histórias de turismo sexual no Nordeste com crianças. Ou se não foi uma retaliação ao país Itália de uma forma geral depois que a senadora do Ceará Patrícia Saboya teve que "fazer um escândalo" para ser liberada em um aeroporto na Itália. Pode ser coincidência, mas em um mundo globalizado, duvido que os dois casos não tenham ligação.

Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Sei não... é cultural a calorosidade com os filhos na Itália. Morei Lá um ano e vi muito disso - até pai beijando filho na boca.
    Entre os russos também vi.

    Tudo bobagem e vergonha pro Brasil fazer alarde demais pra pouca coisa.

    ResponderExcluir

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!