'Sex and the city 2' deve ser proibido no Oriente Médio

Por | 01:21 Comente



Bebidas, linguagem apimentada e roupas sexy são o alicerce de "Sex and the city 2" e agora o novo filme da franquia transfere as quatro protagonistas de Nova York para o Oriente Médio. Embora os aspectos do filme, que estreia nos Estados Unidos na próxima semana, possam causar controvérsia em alguns círculos do Oriente Médio, o filme não deve ser exibido lá. A distribuidora Warner Bros afirmou que não tem planos para lançar o filme em qualquer país do Oriente Médio.

O filme da protagonista Carrie Bradshaw e suas companheiras --Miranda, Charlotte e a promíscua Samantha - tenta ser respeitoso e recatado, mas os responsáveis pelo filme admitem que, mantendo suas características, elas às vezes falham.

Samantha, interpretada por Kim Cattrall, fica em uma saia justa por beijar em público. O filme faz piadas sobre as mulheres em burcas e tem fofoca sobre se um mordomo no Oriente Médio é gay.

O diretor do filme, Michael Patrick King, disse que a ideia foi manter o comportamento normal das personagens, estejam elas em Abu Dhabi ou Nova York.

"A realidade é que Samantha Jones é ultrajante por onde passa, seja no Starbucks ... ou em Abu Dhabi", disse ele. "Ela é uma pessoa sem remorsos".

Jessica Zacholl, porta-voz da Warner Bros, observou que o filme original de "Sex and the city" e muitos filmes da Warner também não são exibidos no Oriente médio. No Brasil, a produção estreia no dia 28.



Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!