Pedras na vesícula – o que são e como evitar

Por | 16:44 Comente



A vesícula biliar é uma estrutura que fica abaixo do fígado e armazena e concentra a bile produzida por ele. Às vezes, os próprios materiais da bile podem começar a se agrupar, e formar os temidos cálculos – também conhecidos como pedras.

Um dos maiores problemas dessa condição é a falta de sintomas no seu início. O paciente só percebe que há algo errado quando começa a sentir dores, que podem vir acompanhadas de náuseas e vômitos. Quando ocorre uma infecção secundária o paciente pode ainda sofrer febre e calafrios, e sua urina pode ficar mais escura.

O diagnóstico é feito a partir do relato do paciente e de exames, sendo que a ultrassonografia permite a visualização dos cálculos. O tratamento mais recorrente é a cirurgia de remoção da vesícula biliar. O uso de medicamentos é feito apenas em casos em que o paciente não pode se submeter a uma cirurgia.

As pedras na vesícula podem ser causadas por diversos fatores. Veja abaixo outras questões que facilitam sua formação:

- Predisposição genética
- Alto consumo de gorduras e carboidratos
- Sedentarismo
- Diabetes
- Obesidade
- Hipertensão
- Tabagismo
- Uso prolongado de anticoncepcionais
- Avanço da idade

Pessoas que estejam em grupos de risco devem conversar com seus médicos sobre formas de prevenção e também devem estar atentas aos sinais dados pelo corpo. As dores causadas pelas pedras normalmente acontecem do lado direito do corpo, abaixo da costela e podem migrar para as costas.



Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!