Quando o tiro pode sair pela culatra: socio torcedor do Flamengo

Por | 10:22



"Tem gente que só reclama, reclama... e na hora de ajudar, cadê?"

"Todo mundo precisa fazer sua parte"

Essas duas frases poderiam servir para muitas coisas no seu cotidiano. Elas podem se encaixam no seu trabalho, num desabafo,  numa cobrança, nuuma oratória de como é importante trabalhar junto e unido. Em trinta segundos, eu dei alguns poucos exemplos, mas sei que você aumentaria, facilmente, essa lista. Porém, há situações que essa frase não seria usada nunca.  Ou você chegaria para o seu cliente e falaria:  vc reclama do meu serviço, mas cadê a sua ajuda para pagar por ele?  É como se tivesse colocando a faca no pescoço do cliente, né?

Pois é foi isso que o pessoal do sócio torcedor do Flamengo fez. Essas frases aí foram retiradas do placar eletrônico do jogo que o Flamengo perdeu para o Náutico, na última quarta-feira. O "gente que só reclama" são torcedores comuns, que não se associaram a um programa que quase não dá beneficio e que tem como grande bandeira o "ajudar". É isso aí, meio que filantropia mesmo. Naaaada contra, mas colocar a faca no pescoço de quem não quer participar de filantropia? Feio, feio. Muito feito!

O resultado disso é que tem uma galera, que já se associou revendo essa associação por achar o discurso agressivo, desnecessário e escroto mesmo.

As mensagens, que poderiam ser de incentivo, acabam gerando o efeito negativo e repercurtindo mal.

Olha aí as frases:

Flamengo Campanhas do sócio-torcedor jogo Náutico (Foto: Cahê Mota)

Flamengo Campanhas do sócio-torcedor jogo Náutico (Foto: Cahê Mota)

As fotos são do GloboEsporte.com



Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial