11 dicas para economizar no Supermercado

Por | 09:03




O primeiro passo é jamais chegar no supermercado sem saber o que realmente precisa em casa. Uma lista de itens e prioridades pode ajudar a evitar excessos e aquisição de produtos desnecessários.

"O ideal ainda é que essa lista não seja feita apenas no momento de ir ao mercado e sim ter um papel e uma caneta sempre à disposição para que seja anotado o item que falta logo que se percebe. Isto ajuda a não adquirir produtos desnecessariamente", explica o consultor da Nota 10 Consultoria, Laerte de Oliveira.

Veja oito dicas preparadas pelo consultor e comece a economizar:

1. Salário e compras: saiba quanto de seu salário é designado para as compras de mercado no mês. Divida o valor por quatro e assim, será possível precisar qual é o valor máximo permitido para gastos no supermercado por semana.

2. Lista: relacione primeiro os produtos básicos e depois dos supérfluos. Se possível, faça isso em listas separadas;

3. Quantidades: na lista, considere a quantidade de cada produto, levando em conta o período da próxima compra;

4. Calculadora na mão: faça um cálculo, mesmo que aproximado, de quanto poderá custar a compra;

5. Crianças: evite levar as crianças, mas caso não seja possível, vá direto aos itens de compra e não passeie pelo mercado. Caso a criança insista em comprar algum item, faça valer o diálogo;

6. Barriga cheia: faça as compras depois de comer, pois é importante distinguir a fome fisiológica, da fome psicológica. A fome física ou do estômago é a fome fisiológica, aquela que alimenta e define uma vida saudável. Já a fome emocional ou psicológica é aquela que implica tão somente em comer. Com isto aprenda que a fome psicológica é a que move as compras em excesso, pois estão ligadas diretamente às emoções;

7. Sem rodeios: vá diretamente aos pontos onde os produtos se encontram, evitando passear entre as gôndolas;

8. Nada de achar: não fique procurando algo que você "acha" que precisa, pois, com certeza, irá encontrar.

9. Compre alguns produtos no atacado, se possível: se a família for unida, vale comprar no atacado. As vantagens são grandes. Há produtos que podem ficar entre 15% e 20% mais baratos quando comprados em grande quantidade.

10. Compare os preços entre os supermercados:  a estratégia dos estabelecimentos é atrair o público. Por isso, várias lojas cobrem a oferta da concorrência quando o consumidor apresenta o encarte promocional. Essa estratégia ajuda a economizar tempo e dinheiro, incluindo os custos de deslocamento para uma loja mais distante.

11. Não despreze os produtos de marca própria do supermercado: geralmente produzidos por fabricantes líderes, os itens vendidos com o rótulo do supermercado a preços bem competitivos são de boa qualidade. Vale a pena dar um crédito de confiança e comprá-los para experimentar.




Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial