As cenas lésbicas mais quentes do cinema

Por | 23:08



Na ultima semana foi divulgado o trailer do filme "Solidões", estrelado por Vanessa Giacomo , a vilã Aline da novela "Amor à Vida". No longa, a atriz interpreta uma mulher que se define como sexual, porém não aceita nenhum tipo de contato físico.

Um das cenas mostra Vanessa se envolvendo com outra mulher, dando indícios de que sua personagem terá um romance lésbico na trama. Outras atrizes que nos acostumamos a ver na TV, muitas vezes vivendo heroínas românticas -- a própria Vanessa foi a "Cabocla" no remake da trama das 6 --, já protagonizaram cenas lésbicas calientes no cinema. Em outubro deste ano, vimos uma grande atuação de  Glória Pires , ao lado de Miranda Otto  , respectivamente nos papeis de Lota de Macedo Soares e Elizabeth Bishop, em "Flores Raras", de Bruno Barreto  .

Nathalia Dill , que dá vida à antagonista Sílvia na atual novela das 18h da Rede Globo, "Jóia Rara", fez par com Lívia Bueno  em "Paraísos Artificiais" (2012). Em meio a drogas e raves, as duas protagonizaram cenas de sexo.

Com estreia prevista para este mês e bastante aguardado no Brasil, o longa francês "Azul é a Cor Mais Quente" ganhou a Palma de Ouro no festival de Cannes deste ano e conta com cenas de sexo lésbico extremamente realistas e delicadas interpretadas por Léa Seydoux   e Adèle Exarchopoulos  .

Na lista das atrizes que encararam cenas lésbicas no cinema americano estão Amanda Seyfried  , que repetiu a dose. Na primeira vez fez par com a sex symbol Megan Fox  no filme "Garota Infernal" (2009) na segunda com Julianne Moore , em "O Preço da Traição", lançado no mesmo ano. Julianne Moore voltou a fazer cenas de amor lésbico em "As Crianças Estão Bem", de 2010, com Annette Bening  .

A espanhola  Penélope Cruz   também fez dobradinha lésbica. Em 2003, teve suas primeiras cenas homossexuais no longa "Três Vidas e um Destino", ao lado de Charlize Theron . Mais tarde, foi a vez de rolar com Scarlet Johanson   no aclamado "Vicky Cristina Barcelona" (2009), papel pelo qual ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Cenas picantes também deram prêmios para um Ícone de sensualidade, e a única destas todas que se declara bissexual:  Angelina Jolie .. A hoje mãe de seis levou um Globo de Ouro por "Gia – Fama e Destruição" (1998), em que protagoniza cenas de sexo com Elizabeth Michell  . Natalie Portman  levou um Oscar por "Cisne Negro" (2010), onde ousou ao lado de Mila Kunis  em diversas cenas.

Não podemos esquecer também as ultra sensuais cenas de Naomi Watts  e Laura Harring   em "Cidade dos Sonhos" (2001), Sarah Michelle Gellar  e Selma Blair  em "Segundas Intenções" (1999) e Sharon Stone  e Leilani Sarelle  em "Instinto Selvagem" (1992).

Fonte: IG


Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial