Dicas para não sentir calor dentro do carro no verão

Por | 11:37


Dicas para não sentir calor dentro do carro no verão - 1 (© Foto: Thinckstock)
O calor do verão pode transformar um simples passeio de carro em uma missão impossível! Em dias quentes, as pessoas estão mais propensas a maior irritabilidade e estresse físico. Além disso, em dias de calor extremo, a temperatura interna do veículo pode chegar a quase o dobro da externa. Nestas condições, motoristas e passageiros podem sofrer pequenas queimaduras e ter dificuldade para respirar. O calor contribui para a perda de água, sódio e potássio, causando desidratação e alterações na circulação sanguínea e respiratória. Por isso, é sempre importante pensar em hidratação do corpo ingerindo líquidos no decorrer do dia.
É preciso ter atenção também com o entra-e-sai de um ambiente quente para outro, frio, e vice-versa. Essa mudança de ambiente pode ser um perigo para motorista e ocupantes do automóvel. Pode acontecer o que os médicos chamam de intermação, que é uma hipertermia decorrente da dificuldade do corpo em se resfriar adequadamente num ambiente com calor excessivo. O perigo de um choque térmico é grave, a pessoa pode desmaiar e provocar um acidente grave, até mesmo fatal.
"O automóvel pode ser ventilado com vidros abertos ou com ar-condicionado ligado. Vale lembrar que é importante estar em dia com a manutenção desse aparelho para evitar o acúmulo de sujeiras e prejuízos ao aparelho respiratório dos ocupantes do carro, a falta desse cuidado pode causar até alergias", explica a médica alergista Gisele Alvez.
Ar-condicionado
Nos dias de hoje, até os carros com preços mais acessíveis estão vindo equipados com ar-condicionado. Mas é importante usá-lo de maneira correta. Se o carro ficou sob o sol forte, o ideal é andar três minutos com a janela aberta antes de ligar o equipamento. Assim, o ar frio toma o lugar do quente. Não se esqueça de revisar a limpeza do sistema, em especial se o ar ficou desligado durante muito tempo.
Procure não deixar a temperatura do interior do veículo baixar demais, pois o calor do lado de fora continua exorbitante e ao sair de um ambiente muito frio para um muito quente, ou vice-versa, sua saúde pode ser comprometida.
Não se esqueça de renovar o ar, existe um comando que fecha a entrada do ar externo e usa apenas o ar já existente na cabine, essa função torna o ar mais seco e pode acabar incomodando passageiros alérgicos ou mais sensíveis. Não direcione o ar diretamente para os passageiros, dirija a saída do ar para a parte superior, pois o ar frio tende a descer e o ar quente a subir. Dessa forma você refrigera melhor o seu veículo. Quando estiver chegando próximo da temperatura desejada, desligue o ar-condicionado. O ar refrigerado se manterá por algum tempo, suficiente até você chegar e parar o carro.
Não tem ar-condicionado? A solução é abrir as janelas
Ao entrar no automóvel depois de um tempo parado no sol, o melhor é abrir todas as janelas para expulsar o ar quente e assim fazer com que o ar-condicionado refrigere mais rápido. Se, mesmo com a janela aberta o calor ainda estiver excessivo, e o carro não tiver ar-condicionado, vale a pena investir em um daqueles pequenos ventiladores próprios para veículos. Eles são ligados nos acendedores e ajudam a circular o ar dentro do veiculo.
Atenção ao estacionar o carro
Nem sempre é possível encontrar um lugar para estacionar à sombra. Nesses casos, faça o possível para proteger o interior do veículo do sol, para que seja mais fácil regressar a ele. A temperatura interna dos carros estacionados no sol acaba se elevando a níveis bem altos. Para amenizar um pouco a incidência direta do sol nos bancos, painel e volante há algumas coisas que você pode fazer, como: aplicar películas escurecedoras nos vidros do carro, o famoso 'insulfilm', usar protetores de papelão ou plástico e comprar um protetor de volante. Dessa forma você evita o superaquecimento que pode gerar desconforto ao manobrar o veiculo.
Proteja-se do sol
Seja na cidade ou em estradas, o sol pode queimar a pele do motorista, ou passageiros do carro.  Utilize protetores de sol nas laterais nos vidros. O insulfilm também pode ajudar na proteção contra os raios solares. Outra dica é sempre ter um filtro solar no veículo para aplicar no rosto e principalmente nas mãos e braços. É extremamente importante usar filtro solar diariamente. Com o passar dos anos, os raios solares podem ser agressivos à pele, causar pequenas manchas e até câncer de pele, já que é uma área do corpo que está sempre exposta.



Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial