Silicone junto de esqueleto ajuda a identificar jovem desaparecida

Por | 07:38 Comente



O Cidade Alerta da última segunda-feira (13) mostrou um caso assustador de um crime em Campo Grande (MS). Uma ossada foi encontrada enterrada na fossa de uma empresa. O caso aconteceu no dia 28 de março, mas a Polícia só conseguiu identificar o esqueleto nesta semana. Veja na reportagem!

Impressionante! Uma ossada foi encontrada enterrada na fossa de uma empresa. Junto com os ossos, os policiais encontraram uma prótese de silicone que ajudou a identificar a vítima: Marília, de 22 anos, que estava desaparecida desde 2003.

O esqueleto estava soterrado há 12 anos. A ossada foi encontrada por um operário, durante uma reforma, nos fundos de uma empresa em Campo Grande (MS).

A resistência do silicone é impressionante!


Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!