Profissionais de diversas áreas podem trabalhar com esportes

Por | 11:22 Comente


Globo Universidade - Gestão do Esporte - Estádio (Foto: Divulgação/Castro Mello Arquitetos)

O esporte é uma das principais formas de entretenimento que existem. Disputas de diversas modalidades emocionam e mobilizam milhões de torcedores ao redor do mundo. Mas o que assistimos em campos, quadras e pistas é apenas uma parte de tudo o que está envolvido na competição. Profissionais das mais variadas áreas trabalham direta ou indiretamente nos bastidores do mundo esportivo.

Toda competição precisa de um lugar para acontecer, e a qualidade do projeto das arenas está diretamente relacionada à da experiência de atletas e torcedores.

O público precisa chegar de forma espaçada, para evitar filas no acesso. A maioria das pessoas tende a sair ao mesmo tempo, o que faz com que o espaço necessário no entorno aumente muito. Outra questão importante é o cálculo da "curva de visibilidade", que envolve a larguras e a altura dos degraus das arquibancadas. O objetivo é que, de qualquer lugar, o torcedor enxergue 100% do campo de jogo.

Outro aspecto importante dos eventos esportivos é a Logística. Os profissionais desta área têm a missão de garantir que tudo esteja no lugar certo, na hora certa. As empresas podem realizar transportes de equipamentos e pessoas, prover informações aos envolvidos, agendar hospedagens, entre outros.

É preciso ser muito criativo, buscar soluções o tempo todo e estar preparado para lidar com muitos imprevistos e prazos muito curtos. Uma das principais diferenças entre a Logística em geral e a esportiva é a cobertura da mídia. Mesmo que não seja um mega evento, sempre há equipes cobrindo, o que aumenta ainda mais a responsabilidade, até porque muitas emissoras contratam esse tipo de serviço para transportar seus equipamentos.

O esporte também precisa se sustentar como negócio e para isso o Marketing é indispensável. Os profissionais deste campo exploram ao máximo o potencial comercial de seleções, clubes, eventos e ídolos. O esporte tem 100% de aceitação, é uma coisa que as pessoas olham com bons olhos, não tem contraindicações.

Uma profissão que normalmente não é associada ao esporte é a de engenheiro agrônomo, muito importante em modalidades que utilizam grama, como golfe, futebol e tênis. Este profissional atua em toda a preparação do solo, fertilização, plantação, cultivo e manutenção dos campos.

Estes profissionais também podem utilizar práticas específicas para gramados esportivos, como a aeração, que cria pequenos buracos para, entre outras coisas, melhorar a drenagem e evitar a formação de poças.

Além destas, inúmeras outras carreiras podem se relacionar ao esporte. Algumas delas são mais conhecidas, como as de fisioterapeuta, médico e preparador físico. Advogados também têm oportunidade de atuar no Direito Esportivo, e quem tiver um perfil mais empreendedor pode fazer um curso de Gestão na área e montar o próprio negócio.

Outra opção é se tornar árbitro. Para isso, é necessário ter formação específica e, dependendo da modalidade, ter bom preparo físico. Em geral, os cursos são oferecidos pelas próprias federações esportivas.



Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!