10 fatos sobre o carnaval que você precisa saber

Por | 09:36 Comente


Talvez você já tenha ouvido alguém se referir ao Carnaval como "a festa da carne", mas você sabia que a comemoração, nos moldes como ocorre hoje, tem um fim religioso? E a tradição do rei momo, você sabe onde e quando surgiu? Quem foi responsável pela primeira marchinha de Carnaval no Brasil? Veja essas e outras respostas nessa postagem!

Saturnálias
1 - Não se sabe exatamente quando o carnaval surgiu, os historiadores se dividem quanto ao local de origem da festa: dos cultos agrários na pré-história às celebrações a Dionísio, o deus do vinho, na Grécia antiga, passando pelo Egito dos faraós. Mas é provável que uma festa mais próxima ao nosso Carnaval tenha surgido no Império Romano no período antes de Cristo, com as saturnálias, celebrações em homenagem ao deus Saturno


2 - Nas saturnálias, no Império Romano, era comum que nobres, populares e escravos se misturassem nas ruas, com música, dança e grande fartura de comida e bebida. Foi nessa época que surgiu a tradição do rei momo, que era um escravo elevado a comandante da festa, e também começou o uso de fantasias e máscaras, tradição importada da Grécia.


3 - Com a ascensão do cristianismo, as celebrações pagãs ficaram ameaçadas. Mas para não desagradar completamente os novos fiéis, a Igreja Católica decidiu, no ano 325, "delimitar" as festas populares para até 40 dias antes da Páscoa - período de jejum e orações que passou a ser conhecido como Quaresma. Com isso, as festividades ganharam o nome de "Carnevale" - "adeus à carne", em latim.

Entrudo
Brincadeiras durante o entrudo no Rio de Janeiro - Aquarela de Augustus Earle, 1822


4 - O dia de Carnaval acontece 40 dias antes da Páscoa e por esse motivo muda todos os anos. Pelas regras da Igreja Católica, o dia de relembrar a ressurreição de Jesus Cristo é necessariamente o primeiro domingo após a lua cheia subsequente ao equinócio da primavera no hemisfério norte. Esse cálculo, no entanto, não é exato, pois a Igreja se baseia num calendário lunar na idade média, é  a lua cheia eclesiástica.


5 - A origem do Carnaval no Brasil tem ligação direta com os entrudos, festas populares em Portugal nos séculos 15 e 16. Com a mudança de muitos portugueses para o país nos anos seguintes, a tradição foi se espalhando por aqui. Por três séculos, a forma característica de comemorar o Carnaval no Brasil era jogar água, ovos e limões de cheiro ( bolinhas de cera cheias de perfume ), farinha de trigo e até lama ou lixo uns nos outros.


6 - Com a vinda da corte portuguesa para o Brasil, em 1808, chegaram novos costumes. Copiando os carnavais da época em Paris e Veneza, surgiram desfiles de carruagens com pessoas usando máscaras, que eram seguidos de bailes chiques voltados para a alta classe. Nas ruas, aos pobres, sobrava o entrudo, que chegou a ser proibido.

Bloco de Carnaval

7 - Nos primeiros anos da República, os blocos de carnaval já estavam consolidados, mas a maioria deles cantava músicas populares antigas, de compositores anônimos. Em 1889, Chiquinha Gonzaga compôs a primeira marcha criada especificamente para um grupo de carnaval, a até hoje famosa "Ô abre alas", feita para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro. Outros célebres compositores de marchinhas foram Lamartine Babo, João de Barro, Noel Rosa e Ary Barroso.


8 - Os bailes de carnaval da nobreza foram paulatinamente saindo dos palacetes em direção às ruas. Em meados do século 19, os desfiles de máscaras foram se espalhando pelo Rio de Janeiro, e surgiram os primeiros clubes e sociedades carnavalescas. Ao mesmo tempo, grupos de ex-escravos, pequenos comerciantes de origem portuguesa, os Zé-Pereiras, e outros populares, ganharam estímulo para também irem às ruas com sua música, criando a tradição dos blocos.


9 - A escola de samba como conhecemos hoje teve origem em 1929, com o bloco Deixa Falar. O grupo do bairro do Estácio, no Rio de Janeiro, ficava em frente a uma escola de normalistas, que formava professores. A ideia do sambista Ismael Silva era fundar uma escola de professores do samba. No mesmo ano aconteceu o primeiro concurso de sambas, do qual já participaram a Mangueira e o Conjunto Osvaldo Cruz, que viria ser a Portela. O primeiro desfile das escolas de samba, em 1932, foi organizado pelo jornal Mundo Sportivo, do jornalista Mário Filho, irmão do dramaturgo Nelson Rodrigues.

Frevo

10 - Enquanto no Rio de Janeiro, o samba se consolidava com o som do Carnaval, no nordeste, outros ritmos de origem africana conquistaram o coração do povo. Originado no fim do século 19 em Recife e Olinda como uma mistura de ritmos, danças, capoeira e artesanato, o frevo se tornou patrimônio cultural da humanidade no ano passado. Já a batida característica do maracatu, com seus enredos, fantasias pesadas e as calungas ( bonecos gigantes ), se concentra em Pernambuco e no Ceará. Na Bahia, o ritmo do axé é embalado pelos trios elétricos, tradição inaugurada no Carnaval de 1950, quando dois foliões, Dodo e Osmar, saíram tocando músicas em cima de um carro Ford 1929.


Fonte: Uol Educação



Comente:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

1) Você é responsável pelo que comenta
2) Seu IP foi registrado. Procure saber o que significa.
3) Comente sempre!